Páginas

20 novembro 2021

Textual description of firstImageUrl

Montalvão 1890

20 novembro 2021 0 Comentários

A DEMOGRAFIA MONTALVANENSE HÁ 130 ANOS ERA UM «ASSUNTO À PARTE» COMPARADA COM A ATUALIDADE. 



Até mesmo com a de 1940 ou 1950. Mas tendo de continuar por algum ano depois de contabilizar a demografia montalvanense em 1900 (clicar) e 1910 (clicar) que se perceba a demografia de Montalvão em 1890.


(clicar em cima desta e de quase todas as imagens permite melhor visualização das mesmas)



No Recenseamento realizado em 1890 (1.º de dezembro) Montalvão (freguesia) tinha 1 591 habitantes (793 homens e 798 mulheres) que viviam em 481 edifícios. Metade dos fogos (contando também com edifícios abandonados e sem telhado!) na atualidade, em 2021, que são 876.

    DEMOGRAFIA 1890



Em 1890, nasceram 53 pessoas e morreram 18 o que fez transitar um acréscimo de mais 35 montalvanenses em toda a freguesia (24 homens e onze mulheres) para 1891. Em arruamentos, mesmo que diminutos (praticamente com a mesma expressão demográfica em 1880) há circunstâncias inevitáveis, enquanto a rua de São Pedro acrescentou seis habitantes, o Arrabalde teve zero de acréscimo mas a rua do Outeiro fez diminuir um habitante. Os arruamentos compensam-se e praticamente todos os existentes tiveram aumento de montalvanenses.

(clicar em cima desta e de quase todas as imagens permite melhor visualização das mesmas)

NOTA: a rua das Almas parece ser a continuação da rua da Costa mas também pode ser a da rua da Barca. Só na segunda década do século XX "ganha autonomia"


Em 1890 - ou até 1890 e mesmo 1900 - ainda não existiam alguns dos arruamentos que só foram surgindo durante o século XX, tais como o largo da Corredoura, a rua das Almas (embora esta informação seja dúbia), Porta de Cima e Porta de Baixo. Além da rua das Traseiras e rua da Cabine, que eram traseiras com os quintais da rua do Outeiro, Direita e Cabo. Alguns destes arruamentos surgiram com o esvaziamento demográfico do Monte do Santo André e Monte do Pombo.



Uma povoação com uma fisionomia muito diferente da atualidade

E mesmo do aspeto que já tinha nos Anos 40 e 50. Em 1890 a freguesia era composta por 481 edifícios repartidos por três localidades: Montalvão (422 edifícios), Salavessa e Monte do Pombo. Dez anos depois (1900) apenas mais 26 edifícios (507 em toda a freguesia) com a localidade de Montalvão a passar para 434 edifícios. Mas em 1911 o registo é de 589 edifícios em todo o território (mais 108 que em 1890, ou seja, um crescimento de dez edifícios, por ano, em média). Montalvão registava, em 1911, 443 edifícios. Entre 1890 e 1911 um aumento de 21 edifícios! Isto significa que em 1890 o aspeto de Montalvão era bem diferente de 1911, mas principalmente do que foi nos Anos 40 e 50, ou 1960 - 716 edifícios na sede de freguesia - tal como na atualidade. Entre 1890 (422 edifícios) e 1960 (716 edifícios) a «Vila» aumentou 294 edifícios, ou seja, 70 por cento. É complexo "recriar" a «Vila» de há 130 anos, mas pode-se fazer sempre uma projeção tendo por base o modo como os edifícios estão registados.

(clicar em cima desta e de quase todas as imagens permite melhor visualização das mesmas)



  DEMOGRAFIA 1900



Comparativo 1890 e 1900 (dinâmica demográfica)

A população aumentou cerca de, ou em média, 21 pessoas por ano. De 1890 a 1900, a população cresceu 228 pessoas, passando de 1 591 para 1 819 habitantes. Em 1890, aumentou 35 habitantes (nasceram 53 pessoas e faleceram 18). Em 1900, aumentou 17 habitantes (nasceram 49 crianças e faleceram 32). Entre 1890 e 1900 houve uma diminuição no aumento muito pelo agravamento das condições de vida que fez aumentar a mortalidade. A freguesia revelava dificuldades em ter condições de higiene e saúde que garantissem um crescimento populacional sustentado.   



Analisando os nascimentos e óbitos desde o século XVI é possível perceber como foram evoluindo os arruamentos montalvanenses. Há muito «pano para mangas». Agora, na próxima "paragem" tanto faz andar para trás (1880) como para a frente (1920).


Assim se foi fazendo Montalvão

0 comentários blogger

Enviar um comentário