Páginas

16 janeiro 2022

Textual description of firstImageUrl

Ciclos Eleitorais 1987

16 janeiro 2022 0 Comentários
A V LEGISLATURA TEVE DOIS ANOS, DE 1985 A 1987 QUANDO DEVIA TER TIDO QUATRO, ATÉ 1989. O PRESIDENTE MÁRIO SOARES DEU "UM PASSO MAIOR QUE A PERNA".



Entre 1985 e 1987, num ano e nove meses, passou-se de 917 para 823 (menos 24) inscritos nos cadernos eleitorais da freguesia. A população residente em Montalvão e Salavessa era de 1 044 habitantes no Censo de 1981 e passaria para 832 montalvanenses/salavessenses, menos 212 habitantes, no Censo de 1991. Este Recenseamento Geral da População realizar-se-ia em 15 de abril.

 1987 


Em 19 de julho de 1987 estas foram, na freguesia de Montalvão, umas eleições com um resultado inesperado, vencendo o PPD/PSD (Partido Social Democrata) com 242 votos (35,23 por cento). O PPD/PS venceu, em Montalvão, a primeira das duas vitórias consecutivas: 35,23 (1987) e 34,58 (1991). O inesperado regressou tam como em 1976 quando se pensava ser o Partido Comunista Português (PCP) o vencedor e foi o PS (Partido Socialista). O PPD/PSD passou de quarta (1985) força política mais votada para primeira (1987). A coligação CDU - Coligação Democrática Unitária - formada entre o PCP e o PEV (Partido Ecologista «Os Verdes») conseguiu a segunda posição. O PS (Partido Socialista) foi terceiro e o PRD (Partido Renovador Democrático) de segundo em 1985 passou a quarto mais votado em 1987.



O PPD/PSD (Partido Social Democrata) venceu com 35,23 por cento e a nível nacional conseguiu a primeira maioria absoluta da Democracia Portuguesa. A nível nacional obteve 50,22 por cento dos votos, conseguindo 148 eleitos, mais 60 deputados que em 1985 (21 meses depois das eleições anteriores, em 1985) em que a vitória foi por maioria simples (29,87). Clicar aqui para resultados a nível nacional, no portal da Comissão Nacional de Eleições. O número de deputados eleitos manteve-se em 250.



No Círculo Eleitoral de Portalegre apenas o Partido Operário de Unidade Socialista não concorre. Das treze forças partidárias os Montalvanenses/Salavessenses têm doze para escolher.


Reconstituição do boletim de voto utilizado nas duas secções de voto - Montalvão e Salavessa - na freguesia

Os simpatizantes do POUS - Partido Operário de Unidade Socialista (trotsekista) não puderam votar nessas forças políticas. A alternativa ideológica mais lógica seria o PSR - Partido Socialista Revolucionário, resultante da fusão da LCI - Liga Comunista Internacionalista com o PRT - Partido Revolucionário dos Trabalhadores.



O PPD/PSD (Partido Social Democrata) venceu com 35,23 por cento tendo mais 169 votos (242, pois em 1985, foram 73 votantes). Impressionante para o histórico da freguesia. A coligação entre o Partido Comunista Português e o Partido Ecologista «Os Verdes», a Coligação Democrática Unitária (CDU) conseguiu a segunda posição com 212 votos (30,86), ou seja, a 30 votos do PPD/PSD. A CDU perdeu 44 votos (212, pois em 1985, foram 256 os votantes da APU - Aliança Povo Unido - integrando o Partido Comunista Português e o MDP/CDE (Movimento Democrático Português). O Partido Socialista (PS) foi a terceira força política mais votada com 13,10 por cento das escolhas, ou seja, 90 votos, menos 57 que em 1985, com 147 eleitores a votar neste partido político! O Partido Renovador Democrático, liderado pelo ex-Presidente da República, General Ramalho Eanes, passou de segundo mais votado, em 1985 - 175 votos (23,81 por cento) para quarta força política, em 1987 - 43 votos (6,26 por cento) perdendo 132 eleitores. O principal beneficiário da implosão do PRD foi o PPD/PSD. 


Em 1985, de 735 votantes (80,15 por cento) passou-se, em 1987, para 687 votantes (76,93 por cento). Menos 48 votantes e foram 106 os abstencionistas. Estes aumentaram em 76 eleitores que não votaram (foram 182, em 1985). A abstenção passou de 19.85 por cento, em 1985, para 23.07 por cento, em 1987. Um ligeiro aumento de 3.22 por cento, mas suficiente para ultrapassar o limiar dos 20 por cento: 6.55 por cento (1975), 15.38 por cento (1976), 12.4 por cento (1979), 12.94 por cento (1980), 19.32 por cento (1983), 19.85 por cento (1985) e 23.07 (1987).




 2019 

Nas derradeiras eleições legislativas o Partido Socialista (PS) venceu, o que ocorre há oito Eleições Legislativas consecutivas (1995, 1999, 2002, 2005, 2009, 2011, 2015 e 2019).



Em breve, as Eleições Legislativas em 1991: PPD/PSD (213), PS (168), PCP-PEV (158).


0 comentários blogger

Enviar um comentário